Dr Francisco de Alexandre de São Pedro, Cirurgião Plástico

Cirurgia para orelha de abano

As famosas orelhas de abano são um grande incômodo para quem possui. Não se sabe exatamente quais são as causas, mas, muitas vezes, pode ser considerada hereditária. 

A cirurgia deve ser feita em quem busca corrigir este mal, o que minimiza ou, até mesmo, corrige por completo este problema. O procedimento cirúrgico só é realizado em casos extremos, comumente, as melhores idades são entre 5 e 7 anos, pois as orelhas já estão formadas por completo.

Este procedimento é recomendado para a correção dos mais simples incômodos até os casos mais sérios, como a macrotia (quando as orelhas possuem um tamanho acima do normal).

Como é realizada?

Primeiramente, o paciente é sedado, onde o especialista pode utilizar uma anestesia local ou geral, principalmente, quando o procedimento é realizado em crianças. A cirurgia leva em média de uma hora e meia até duas horas.

Na cirurgia é realizada uma pequena incisão atrás da orelha, até a dobra. O especialista retira a pele em excesso, e em alguns casos, também a cartilagem. Depois o especialista refaz a ligação da cartilagem.
Enfim, os pontos internos são feitos, sendo absorvidos automaticamente pelo corpo.

Resultados

Os resultados podem ser vistos em apenas 15 dias após a cirurgia, mas o local vai parar de desinchar somente depois de 6 meses. Contudo, a cicatrização vai variar de acordo com o paciente, portanto, não há como garantir que será exatamente assim.

Antes

Depois